ensino secundario vs ensino universitário

Ensino Secundário vs Ensino Universitário (as diferenças)

Há muita coisa que muda do ensino secundário para o ensino universitário. A principal será que deixas de ter formalmente um encarregado de educação, ou melhor dizendo, tu passas a ser o teu próprio encarregado de educação.

Esta passagem de responsabilidade para o aluno tem as seguintes consequências (todas boas para o teu crescimento enquanto jovem):

Não és “obrigado” a ir às aulas

É comum as aulas teóricas serem dadas em anfiteatros com centenas de alunos. Como deves calcular, não há livro de ponto nem chamada. Quem não está, é problema dele ou dela. Afinal de contas, o maior prejudicado és sempre tu.

Diz a sabedoria estudantil, que por cada hora teórica falhada vais precisar de 3 horas de estudo autónomo para recuperar.

Ainda assim, é usual nas aulas práticas alguns professores anotarem as presenças, umas vezes para estatística outras vezes para darem um bónus aos alunos no final do semestre.

Distanciamento dos professores

Os teus professores do secundário sabiam o teu nome? São tempos que já lá vão. Mais uma vez, em centenas de alunos por semestre, é uma perda de tempo decorar os nomes dos alunos.

Sabias que o real trabalho dos professores é investigar e colaborar com empresas, e que dar aulas é apenas uma parte obrigatória e acessória do seu trabalho? Isto não quer dizer que o professor não queira saber de ti, mas significa que não és uma prioridade para ele. Já estava na altura de seres independente não estava?

Mais matéria, menos tempo

Só tens 5 cadeiras, mas vão dar muito mais trabalho do que as disciplinas do secundário. Com Bolonha, um ano lectivo foi comprimido num semestre. Isso significa que vais ter muita matéria para absorver em pouco tempo. Cada professor de cada cadeira vai recomendar-te livros, slides, sites, apontamentos, sebentas. Vais ter de te organizar, não vais ter pachorra tempo para ler isso tudo.

Conclusão

Tudo isto faz parte do teu crescimento. Com a universidade terás mais liberdade e mais responsabilidade. Não deixes que ela leve a melhor de ti — fica a saber o que deves fazer para ter boas notas na universidade.

Já sabes que curso escolher? Olha que informática é uma boa aposta. Depois só te fica a faltar escolher a universidade onde estudar informática.

Diogo Nunes

Diogo Nunes é Mestre em Eng. Informática pelo IST. A sua visão é melhorar a vida das pessoas através da tecnologia. Além disso escreve para o blogue "The Geeky Gecko" e já conta com três livros publicados. A sua segunda paixão é a fotografia.