computador portatil universidade

Escolher um computador para programar

Neste site tentamos esclarecer todas as tuas dúvidas. Se não encontrares a resposta à rua dúvida podes sempre enviar-nos as tuas perguntas. Foi o que o Vasco fez:

Tenho um computador antigo, com uns 8 anos, e eu estou a pensar antes de ir para a universidade comprar um novo! Para o curso de informática, preciso de algo muito potente? Que género de computador? — Vasco Ramos

Para começar, vou dar-te o mesmo conselho que dou para os livros escolares: não compres nada antes do 1º semestre da tua licenciatura em informática. Faz os primeiros trabalhos com o computador que tens. Enquanto ele se aguentar não precisas de comprar um novo.

Neste caso, adiar é bom

No final do teu primeiro ano na universidade, consegues logo perceber se o que tens serve ou não. Num mercado em que a cada mês sai uma nova máquina, melhor e mais barata, quanto mais adiares a tua compra, melhor será a relação qualidade/preço da tua compra.

Quando entrei no Técnico Taguspark tinha um desktop com 2GB de memória. Durante dois anos consegui fazer todos os trabalhos, ora no computador de casa, ora nos computadores da universidade.

Só no meu terceiro ano, o último da licenciatura, senti necessidade de comprar um portátil. Três anos mais tarde, habituei-me tanto que vendi o desktop e agora uso o portátil para tudo!

Portabilidade

Para um estudante de informática, a escolha certa é um portátil. Assim terás liberdade para levá-lo para onde quiseres e trabalhar onde precisares, o que dá muito jeito para trabalhos de grupo.

Para mim o tamanho ideal é um ecrã até 13”. Quando um portátil tem teclado numérico (numpad) dedicado, é porque já é grande e pesado demais. Pois, porque no caso de um laptop vais ter de andar com ele às costas! Ao final do dia cada grama pesa.

Performance

Em termos de potência… diria que a placa gráfica não é importante. Queres uma máquina para trabalhar e não para jogar. O importante é teres muita RAM (pelo menos 4GB), um CPU rápido (pelo menos dual core) e um disco SSD (vale o investimento! podes comprar à parte e trocar). Com esses três factores assegurados, vais trabalhar à vontade.

Atualmente já há aqueles híbridos de tablet + laptop. Para a maioria dos estudantes, essa é uma solução cara e com menos performance no final. Não compensa para já.

decisao vantagens vs desvantagens

A escolha certa

Esta é a minha recomendação qualidade/preço (e a versão se tiveres dinheiro a mais):

  • Processador: dual-core (quad-core)
  • Memória: 4GB (8GB)
  • Disco: 500GB HDD (256GB SSD)
  • Ecrã: LED 13” (15”)
  • Gráfica: Onboard (ATI ou NVidia)

A versão que recomendo, em portátil, fica por menos de 750€. Se optares por ter uma torre, fica-te mais barato, mas não compensa o que perdes em portabilidade.

Diogo Nunes

Diogo Nunes é Mestre em Eng. Informática pelo IST. A sua visão é melhorar a vida das pessoas através da tecnologia. Além disso escreve para o blogue "The Geeky Gecko" e já conta com três livros publicados. A sua segunda paixão é a fotografia.