ajuda-estudar

3 repostas para estudar menos e estudar melhor

Ao responderes de forma acertada às próximas perguntas podes aumentar a tua eficiência e produzir mais/melhores resultados em menos tempo.

Pergunta: Quando é a melhor altura para estudar?

Resposta: Cedo.

Somos mais eficazes desde o acordar até ao jantar. Para alguns a noite pode parecer uma altura ideal para trabalhar. Porquê? Porque durante o dia estiveram ocupados com outras tarefas e a noite apresenta-se com um longo e desocupado bloco de tempo, certo? Errado! Primeiro, a noite não é assim tão longa. Só temos algumas horas de atenção até que se torne demasiado tarde e a nossa vontade de dormir nos destrua a concentração. Segundo, a noite não é tão livre quanto parece. É o horário nobre. É a altura mais concorrida na televisão. É a altura em que as pessoas querem socializar, ver filmes, sair, festejar, conversar, etc. E por último, é à noite que o teu corpo começa a desligar-se para recuperar energias.

O truque é aproveitar ao máximo o dia. Se tiveres uma hora de intervalo entre aulas, encaminha-te diretamente para a biblioteca ou outro local de estudo. Pelo caminho prepara-te mentalmente para poderes começar a trabalhar assim que lá chegares. Torna-te um fantasma durante o dia. Evita as zonas mais frequentadas, assim não perdes tempo em conversas banais. Age como um ninja académico, a saltar de local em local sem que ninguém dê por ti. A ideia não é tornares-te antissocial. Quando acabar o dia tens tempo para socializar à vontade.

Lição: “Trabalha a sério, diverte-te a sério” é sempre melhor que “Trabalha mais ou menos, diverte-te mais ou menos”.

Exemplo: Trabalhar 45 minutos, ter uma aula, trabalhar uma hora, ter uma aula e trabalhar mais 45 minutos é menos mau que trabalhar durante duas horas e meia seguidas. A maioria dos estudantes desperdiça estes intervalos de tempo livre ao longo do dia.

Pergunta: Onde se deve estudar?

Resposta: Em isolamento.

Descobre uma série de locais de estudo isolados. Podes ir rodando entre eles, para nunca te fartares de um local em específico. Ao ficares isolado proteges-te da distração. Se te desligares do mundo exterior nas tuas horas de trabalho, é mais provável conseguires completar tudo o que precisas de fazer. Além disso, o facto de estares mais concentrado enquanto trabalhas permite-te acabar mais depressa e obter mais tempo livre. Enquanto trabalhas imagina que tens ao teu ombro um general de voz grave a dizer: “Meu rapaz, o país está a contar contigo… boa sorte”. Não subestimes o poder da psicologia.

Pergunta: Durante quanto tempo se deve estudar?

Resposta: Até uma hora e depois fazer uma pausa.

Um estudo da ciência cognitiva concluiu que cerca de 50 minutos é o tempo ótimo que maximiza o material apreendido por unidade de tempo. Vários alunos confirmam este estudo dizendo que conseguem manter a sua concentração durante 50 a 60 minutos, até precisarem de fazer uma pausa. Quando sentires que o teu rendimento está a piorar, faz uma pausa.

Esta pausa é importante e deve ser feita. Normalmente dura entre 5 a 15 minutos, consoante a pessoa e o trabalho que se está a fazer. Nessa pausa deves recarregar energias, fazer algo que permita a tua mente esvaziar-se e descansar.

Por exemplo, é uma boa prática fazeres alguns exercícios físicos (aquecimentos e/ou alongamentos). O exercício físico requer uma atuação mínima da mente por isso permite-te descansá-la. Além disso estimula o teu corpo a produzir energia e ainda permite ativar os teus músculos depois de um longo período em repouso.

Outros estudantes gostam de escolher um “projeto” (e.g. escrever um mail para aquele amigo que já não se vê há tanto tempo) para o dia e em cada uma destas pausas continuam um pouco desse projeto. Desde que não tenha nada a ver com o trabalho que estavas a fazer antes da pausa, ótimo!

Durante a pausa não vejas televisão, nem jogues, nem vejas vídeos, nem qualquer outra atividade que te estimule demasiado porque isso vai interferir com a tua concentração (e de certeza não vai demorar apenas 10 minutos).

Não faças pausas muito grandes: 40 minutos a estudar seguidos de uma pausa de 30 minutos é errado pois vais perder completamente o ritmo e o encadeamento das ideias, assim como a motivação.

Mas há mais…

Agora que já sabes quando, onde e durante quanto tempo estudar… só falta saber como! Podes encontrar mais truques e dicas como por exemplo “Aprender a tirar apontamentos“, “O método que te permite ler menos e aprender mais, “Preparar a matéria para o exame”, ou ainda “Como melhorar as notas dos teus exames”.

Diogo Nunes

Diogo Nunes é Mestre em Eng. Informática pelo IST. A sua visão é melhorar a vida das pessoas através da tecnologia. Além disso escreve para o blogue "The Geeky Gecko" e já conta com três livros publicados. A sua segunda paixão é a fotografia.