Interfaces Pessoa-Máquina (IPM)

Queres saber o que te espera na cadeira de IPM?

Renúncia: Isto foi escrito em 2010 relativamente ao programa do Técnico Lisboa nessa altura, por isso é possível que esteja desatualizado.
Foste avisado(a) 😜

Calendário

Ano 3, Semestre 1

Dificuldade

Média

Carga horária

No total foram 123 horas (em média: 6,2 horas/semana)

Dicas

A cadeira é fácil mas requer tempo. Torna-se trabalhosa porque todas as semanas é preciso trabalhar no projecto e apresentar à turma os avanços. O lado bom é que quando chegar a altura da entrega do projecto este já está praticamente feito. Precisas escolher uma linguagem para fazer o projecto. Escolhe uma que te permita criar e personalizar facilmente um aspecto gráfico. Eu usei o Flex agora conhecido por Adobe Flash Builder. É flexível e muito fácil de aprender e de usar. O relatório do projecto requer tempo e atenção aos pormenores. A matéria teórica é fácil e acessível, muitas vezes de cultura geral. A avaliação do projecto é um pouco subjectiva já que se fundamenta muito no aspecto da interface do programa. Mesmo que o projecto vos pareça bom, na discussão podem ter uma má surpresa. Experimenta pedir uma opinião aos teus colegas.

Apontamentos

(disponíveis AQUI)

Diogo Nunes

Diogo Nunes é Mestre em Eng. Informática pelo IST. A sua missão é melhorar a vida das pessoas através da tecnologia. Além disso escreve para o blogue "The Geeky Gecko" e já conta com três livros publicados. A sua segunda paixão é a fotografia.